Posts Tagged 'exames'

Agora é esperar pelo teste de gravidez

Depois de feita a inseminação na segunda-feira, hoje fui fazer o ultrassom para verificar se ovulei. A ovulação de um óvulo foi confirmada, talvez dois, o endométrio cresceu, está tudo correndo bem!  Um óvulo está bom, é o necessário para a gravidez, e a chance de gêmeos muito pequena. Agora começo com a progesterona, com o objetivo de ajudar o óvulo a “colar” no útero, diminuindo assim a chance de um aborto espontâneo, muito comum no começo da gavidez.

Agora também começa a fase chata da espera. Vou fazer o exame de sangue para determinar a gravidez somente no dia 8, na terça-feira depois do feriado. São quatorze dias depois da inseminação. Agora é só esperar e torcer para que tudo tenha dado certo. Já está me dando um friozinho na barriga…

Inseminação segunda, preciso de torcida!!!

Está marcado: Segunda-feira às 11 horas! E ai é só torcer para os “bichinhos” nadarem direito e fertilizarem o óvulo. Já estou nervosa, e com um medinho também. Medo de quê? Nem eu mesma sei: de não dar certo, ou de dar certo, sei lá!  Filho é muita mudança na vida de uma pessoa, me dá medo de estar fazendo uma loucura, de não dar conta…ai, as mesmas dúvidas de volta…

O medo de ter mais de um pelo menos diminuiu. Dos 4 foliculos que eu tenho, só um cresceu bastante, os outros 3 estão pequenos ainda. Talvez ainda cresça mais algum até segunda, mas de qualquer jeito, não tendo tantos óvulos, a chance de fertilizar mais de um é mínima. Fico mais sossegada.

Já avisei algumas amigas pra torcerem por mim. Pensamento positivo sempre ajuda. E, claro, avisei minha amiga e futura madrinha do bebê para reservar a manhã de segunda, já que ela vai comigo buscar o sêmen e acompanhar a inseminação, como da primeira vez. Agora é só controlar a ansiedade. Vou tentar me ocupar bastante no final de semana, pra ver se o tempo passa rápido.

Inseminação será domingo ou segunda!!!

Resultado do ultrassom na quarta: dos seis folículos, quatro cresceram! Isso é bom, porque vou poder fazer a inseminação, apesar do meu medo de mais de um fecundar.

Segundo o Dr. Luiz, pelo crescimento deles o procedimento será no domingo ou na segunda.  Irei fazer um outro ultrassom amanhã, sexta-feira, para que ele possa ver qual será o dia. Precisa definir porque como o meu caso é de inseminação com doador anônimo,  a clínica precisa entrar em contato com o pro-seed para marcar a hora em que passarei para pegar o sêmen. Como da outra vez me explicaram, antes da inseminação o sêmen precisa ser descongelado e preparado para o procedimento. E isso precisa acontecer pouco tempo antes do procedimento porque o esperma não sobrevive muito tempo fora do corpo, ele precisa ser mantido na temperatura certa. Tanto que para o transporte entre o pro-seed e a clínica uma das formas é colocá-lo junto ao corpo (no sutiã, como me disseram…). Eu não fiz isso da primeira vez, levei num isopor mesmo pois já matêm a temperatura por um certo tempo, mas fui direto pra fertivitro e já fizeram a inseminação sem demora.

Tomara que dê tudo certo dessa vez. Uma das leitoras do blog me falou que ela desenvolveu 5 folículos e agora está grávida de um só bebê. Foi um alívio saber disso, mas mesmo assim estou contando com a torcida de todos!

Segundo ultrassom…agora falta pouco!

Gente, fiz o ultrassom e se formaram 6 folículos! Claro, isso não quer dizer que todos vão crescer e maturar (ainda bem!). O Dr. Luiz ficou contente, disse que está ótimo, mas eu fiquei apavorada. Não posso ter mais de um, não tenho a menor condição de cuidar de mais de uma criança. Não sei nem se consigo cuidar de uma!

Agora tenho que voltar na quarta-feira para verificar o quanto eles cresceram. Eu sei que se mais de quatro estiverem grandes, eles não fazem a inseminação, pelo menos lá na Fertivitro não. Isso porque aumenta muito a probabilidade de múltiplos. O problema é que eu já acho quatro muito! Vou torcer para que só 2 cresçam , como aconteceu na minha primeira tentativa. Pode até diminuir as minhas chances de engravidar, mas eu prefiro. Quero correr o menor risco possível de ter gêmeos.

Se tudo estiver bem, vou fazer a inseminação no sábado, já!!!! Essa parte até que passa rápido, o problema são os 12 dias depois para fazer o teste de gravidez. Essa espera sim, é demorada, os dias parecem que não passam…

Agora então é torcer para que os foliculos cresçam, mas não muitos, 2 ou 3 no máximo. Nossa, são tantas variáveis, a gente só tem ideia quando começa a fazer o tratamento. Estava pensando  em quanto tempo já passou desde que resolvi começar a pesquisar as clínicas, fazer os exames, a primeira tentativa, o mês de espera, depois o cisto no ovário que adiou a segunda tentativa, o início da nova…já foram mais de 6 meses! E ainda não sei qual vai ser o resultado desta. Fora o dinheiro, que também não é pouco.Tomara que dê certo logo, e daí eu possa só me preocupar com os novos problemas que vão surgir…

Início do novo tratamento

Comecei hoje o novo tratamento! Fiz o ultrassom e estava tudo certo: o cisto se desfez e já comecei as injeções de hormônio. Volto agora só na segunda- feira para ver se os folículos se formaram e quanto mais de hormônio terei de tomar. Se tudo correr bem, minha próxima inseminação deve ser daqui a uns 12 dias. Enquanto isso, é só torcer para que eu responda bem ao hormônio e se forme pelo menos um folículo num bom tamanho, para que pelo menos um óvulo amadureça.

Outra boa notícia: o sêmen do doador da primeira tentativa ainda está disponível e já reservaram para mim! Ainda bem, porque eu não queria ter que escolher novamente. Pode parecer um detalhe pequeno, mas foi um processo angustiante para mim. Melhor assim.

Vamos espera agora para ver como ficará o meu humor. Agora que não tomo mais anti-depressivo há algum tempo, meu humor deve variar mais com o tratamento hormonal. Juntando com a ansiedade da espera, já viu!

Mais um mês de espera…

Fiz o ultrassom hoje e descobri que terei que esperar mais um mês, pelo menos, para inciar o novo tratamento. O médico detectou um cisto no meu ovário esquerdo, segundo ele o maior e melhor dos dois. Parece que a presença de cistos atrapalha o tratamento, então a recomendação é esperar o novo ciclo. Tomarei pílula durante esse mês, o que ajuda a desfazer o cisto.

Isso é interessante. Ao contrário do que muita gente pensa, o fato de tomar pílula não atrapalha a fecundidade da mulher, ao contrário, ajuda a regular o ciclo e a evitar a formação de cistos, tornando até mais fácil a mulher engravidar quando para de tomá-la.

Fiquei chateada, claro, pois esperava poder começar o tratamento hoje. Mas é melhor esperar mesmo, pois já que a chance de gravidez é limitada, tenho que iniciar o tratamento com as melhores condições possíveis. Terei de ter paciência, apesar dessa não ser uma da minhas virtudes, sou bastante ansiosa. Mas é assim, a hora que tiver que dar certo, vai dar!!!

A caminho da segunda inseminação

Nesta quinta-feira, depois de amanhã cedo, vou iniciar meu novo tratamento. Já tenho o primeiro ultrassom marcado e, se estiver tudo certo comigo, começo com os hormônios novamente! Isso é legal, estou animada para começar novamente, mas ao mesmo tempo me vem outros sentimentos não tão legais: ansiedade, dúvida , nervosismo, mal-humor…e todas aquelas sensações chatas que temos na TPM.  Afinal, essa alta dosagem de hormônios que terei que tomar acaba causando isso, é inevitável.

E dessa vez vai ser pior para mim. Na primeira tentativa, como ainda estava, em parte, sob o efeito do anti-depressivo que tomava, fiquei meio anestesiada paa esses efeitos colaterais dos hormônios. Agora terei que segurar a onda sozinha! O que eu posso fazer para minimizar eu já comecei semana passada: hidroginástica. É sabido que os exercícios físicos ajudam a controlar as variações hormonais, melhoram o humor, além dos benefícios para a saúde e o condicionamento físico. Eu estava parada há bastante tempo, e precisava mesmo começar a me mexer. Hidroginática neste momento foi uma boa opção para mim, já que vou poder continuar durante toda a gravidez.

Acho que apesar de chato ter que começar tudo de novo, deu tempo para que eu arrumasse detalhes práticos da minha vida que irão me ajudar quando eu ficar grávida:
Primeiro foi trocar meu plano de saúde para um que cobre o parto. Parei de tomar os anti-depressivos e já superiei os efeitos da abstinência. Comecei a fazer exercícios físicos.  Fui ao dentista , detalhe importante, já que na gravidez não se pode tomar anestesia. Estou tentando comer coisas mais saudáveis, e estou evitando tomar muito café.  Vou até pintar meu cabelo um pouco mais escuro, já que não poderei retocar as raizes quando estiver gravida, já que é perigoso usar tintas que precisem de descolorante. Podem parecer detalhes, mas cuidar deles pode fazer bastante diferença na hora de garantir que a gravidez transcorra da melhor forma possível!

Agora só me resta seguir o tratamento e torcer novamente para que dê certo. Só para a  insegurança sobre como será o meu futuro com meu bebê é que não existe remédio! Por mais que eu saiba que esse medo deva ser comum à todas as mães, não dá para parar de me preocupar… e como esquecer a ansiedade também é impossível, então o jeito é tentar me ocupar e me distrair, e para isso conto com a ajuda dos amigos!