Archive for the 'escolha da clínica de fertilidade' Category

Cuidado com a medicina pelo Google!!!

Preciso contar como pode ser assustador procurar explicações para os resultados de exame no google. Como estou fazendo vários exames e a curiosidade para saber se terei problemas em engravidar é enorme, nào pude resistir.
No meu ultrassom apareceu um nódulo no útero que pode ser associado a mioma. Claro que entrei em pânico! Joguei o resultado (com as mesmas palavras…) no google e apareceram mil explicações e formas de tratamento, das mais simples às mais complexas, como cirurgia!
Pensei em entrar em contato com a médica logo, mas ela não vai a clínica  todos os dias.  Passei meus exames por e-mail e tive que esperar 2 dias angustiada até ter uma resposta, foi horrível!
Graças a Deus não era nada demais. O nódulo que tenho é tão pequeno que não vai afetar em nada o tratamento e nào precisarei pensar mais no assunto. Fiquei preocupada à toa, mas quem resiste à curiosidade?

Mas precisamos ter muito cuidado com o que achamos na internet. É uma fonte valiosa  de informação, sem dúvida, mas também de muita bobagem!
O principal é não entrar em pânico, procurar sites confiáveis e, principalmente, procurar um especialista no assunto!!

Anúncios

Clínica escolhida!

Depois de não ter gostado muito da primeira clínica, resolvi ir conhecer uma segunda. A escolha foi pelo e-mail que recebi em resposta a um dos muitos que enviei. Primeiro, porque gostei da rapidez da resposta, dada por uma das médicas da clínica. Ela foi direta e objetiva, além do preço do tratamento ser 1/3 do da outra clínica. Além disso, ela me convidou para uma consulta gratuíta para conversarmos melhor.
Como já havia pesquisado a clínica e o médico responsável na internet e não encontrei nada de errado (processos, reclamações de pacientes..), achei que seria bom ir conhecer.

Dessa vez levei minha mãe comigo e nós duas tivemos uma boa impressão. A clinica é bem montada, num local bom e fomos muito bem atendidas. A médica que nos atendeu, Dr. Fernanda, foi muito atenciosa e me explicou não só os procedimentos como também o motivo da solicitação dos vários exames.  Ela é assistente do Dr. Luiz Henrique Albuquerque, chefe da clínica, que só conhecerei quando retornar com os resultados dos exames.

O importante é que decidi: farei o procedimento na FERTIVITRO. Claro que certeza absoluta se é um bom lugar nunca terei, mas estou confiante. Afinal, como disse uma amiga minha, não será uma cirurgia cerebral!rsrsrs Mas acho que sempre procuramos nos cercar de alguns cuidados. Gostei de encontrar o nome do Dr. Luiz no último congresso sobre fertilização por exemplo. Indica que ele está atuante, se atualizando, acho que é sempre uma boa indicação.

Agora é só segurar a ansiedade enquanto vou fazendo os muitos exames pedidos. É difícil…

Cliníca de fertilização: como escolher?

Como escolher uma clínica? Pensei logo em perguntar para uma amiga da época do colégio que fez uma produção independente há alguns anos. Como estava sem jeito de ligar, escrevi um e-mail pedindo indicação.
Foi muito legal, porque além do nome do médico e da clínica, e la me deu a maior força! Na hora de uma decisão dessas queremos ouvir incentivos e saber que pessoas que fizeram isso antes da gente não se arrependeram…

Perguntei também para minha irmã que fez uma fertilização in vitro e para uma colega jornalista da Revista Crescer, onde trabalho como colaboradora.
Acabei descobrindo que a clínica que minha amiga fez a dela é uma das mais conhecidas e, de certa forma, está “na moda”. Claro, consequentemente o preço também é alto.

Comecei então a mandar e-mails para várias clínicas que encontrei na internet, perguntando se faziam o procedimento e qual seria o preço em média.  E que frio na barriga senti!!! Parece que perguntar sobre o assunto tornou minha decisão mais real… E quando a primeira clínica me retornou por telefone, como fiquei atrapalhada, não sabia nem mais o que perguntar!
Acho que qualquer pessoa que se depara com uma situação assim tão nova se sente insegura, não?

Então marquei minha primeira consulta, e chamei minha melhor amiga para ir junto comigo.  Nessas hora de ansiedade é bom ter alguém de confiança junto, até para ajudar a sentir o “clima” do lugar. E lá fomos nós…