Mudanças na vida de uma “quase-grávida”

Hoje faz uma semana que fiz a inseminação. Estou na expectativa, claro, mas também meio irritada por já ter que modificar tantas coisas na minha vida sem sabe ainda se é ou não em vão. Explico. Fiquei gripada no dia da inseminação e eu sei que grávidas não podem tomar qualquer remédio. A verdade é que não devem tomar nada, tylenol se tiver muito ruim. Ok, fiquei só no mel, chazinho, mas não é só isso. Eu comecei a reparar que vários produtos que eu usava naturalmente no dia a dia não são aconselháveis para gestantes. E isso vai desde o meu adstrigente, o exfoliante que usava no banho, o rémedio para secar espinhas, até algumas bases não podem ser usadas! Comecei a ter que ler os rótulos de tudo, pesquisar na internet alguns componentes, com medo de usar alguma coisa que faça mal.

Outra coisa complicada, nesse caso socialmente: bebidas alcóolicas. Vocês já repararam como a maioria dos eventos sociais envolvem bebida? Tem sempre a combinação do barzinho, de sair pra tomar um drink, o vinho no jantar…Esse final de semana mesmo teve o churrasco de aniversário de uma amiga e a cervejinha rolando solta. E eu só no refrigerante ( e o pior é que eu nem gosto). Você,  não podendo beber, fica meio por fora. Tudo bem, faria o sacrifício de bom grado por um bom motivo, já que sei dos perigos do álcool na gravidez. O problema é que eu não sei ainda se estou grávida! Na primeira tentativa fiquei também me restringindo de várias coisas à toa.  Lógico, todo mundo diz que é bom para eu ir me acostumando, mas eu não concordo. Eu sou bastante  séria e responsável com o que diz respeito a saúde e obedeço sempre as recomendaçãoes médicas. Se me dizem que é bom não fazer, eu não faço e pronto, sem reclamar. O que me incomoda e estar me restringindo de coisas sem necessidade.

Claro, se eu fosse uma esportista talvez meus amigos fizessem programas como correr no parque, mas não é meu caso. De qualquer jeito, agora no começo também teria que esperar para fazer exercícios. Até a hidroginástica que estou fazendo tive que parar um pouco, já que nesse período enquanto não sei se engravidei, e talvez até no começo quando a chance de aborto é grande, meu médico pediu pra evitar esforço físico.

Tomara que essas mudanças todas recompensem e eu descubra que dessa vez eu engravidei! Daí, vou ter que começar a pensar em programas alternativos, cinema, teatro e, principalmente, avisar meus amigos para não me excluirem dos programas porque, por um tempo, não vou poder beber ou porque vou sentir mais sono, ou me cansar mais rapidamente. Afinal, quero continuar a poder contar com a companhia dos amigos e me divertir com eles! Acho que só estou com medo de perder alguns deles porque minha vida vai mudar…Bom, se tiver que ser assim, fazer o que?

Só mais uma semana de espera…agora tem feriado, vou viajar, isso vai ajudar o tempo a passar mais rápido.

23 Responses to “Mudanças na vida de uma “quase-grávida””


  1. 1 Márcia junho 1, 2010 às 5:14 pm

    Boa tarde Ana,

    Entendo o que vc está sentindo. Em abril eu disse que faria Fiv , mas não consegui produzir óvulos de qualidade, então o procedimento parou por ai. Me senti uma incompetente …
    Em maio, consegui chegar até a transferência, mas deu negativo😦
    e a dor foi enorme, agora é que estou bem.
    Sua “irritação”, não seria na verdade, “ter” que ficar com um pé atrás ? já que gato escaldado tem medo de água fria ? ou quente? rs..
    Queremos nos entregar, acreditar, vivênciar este momento de quase grávida, mas temos receio, né ? Mas, apesar dos percalços que passei, acho que vale a pena se entregar, emocionar, por este momento mágico de quase gravidez. Aproveite, curta e confie em Deus!

    • 2 Ana Paula Lima junho 2, 2010 às 1:42 am

      Acho que tem muito disso sim, eu não quero ficar animada antes da hora e depois me frustrar…Essa fase de espera é muito ruim mesmo, mas se queremos ter nossos filhos temos que passar por isso, não tem jeito!
      Quando vai tentar novamente? Minha irmã fez uma fertilização in vitro também, e só deu certo na terceira tentativa…é frustrante, mas meu sobrinho tá aqui agora, com 5 meses, e ela feliz da vida!
      Confia que também vai chegar a sua hora. Boa sorte e obrigada pela força!

  2. 3 Meg junho 2, 2010 às 11:55 pm

    Olá
    Conheci o seu blog por acaso, é que eu também tenho uma enorme vontade de ser mãe e já pensei na enseminação artificial, porém esta é uma decisão que envolve muitas coisas e eu ainda estou esperando para me casar e ser mãe do jeito tradicional…rsrsrs
    Quando queremos ter um filho, não existe gato ou cão, ou ocupação que nos desvie desse desejo.Se queremos a casa desarrumada,acordar no meio da noite, com choros para embalar, fraldas para trocar, leite para aquecer, e amor, muito amor para dar sem cansar, e todas as alegrias que isso nos tráz… queremos ter um filho e pronto! Torço pra que seu sonho se realize, vou acompanhar o blog pra saber noticias…
    bjs
    *Meg

  3. 4 Márcia junho 4, 2010 às 12:35 pm

    Oi Ana,

    Estou ainda repensando quanto à nova Fiv, conversei com meu médico e ele sugeriu ovodoação, mas estou ainda “perdida”. A primeira tentativa não deu em nada, já na segunda, fui até onde qq mulher mais jovem chegaria; então pensei em tentar mais uma vez. Mas o Go me explicou que a causa do negativo pode ser como o negativo de uma mulher jovem sim, mas que pode ser pq os óvulos já estão “envelhicidos” ou poderiam tb pela idade ter alguma anomalia cromossomica e ter sido rejeitado naturalmente.

    De qq forma, vou dar um tempo de um ciclo para decidir o que fazer. Estou torcendo por vc viu!

    Márcia

  4. 5 Delane junho 6, 2010 às 8:24 pm

    olha amiga vou te falar uma coisa, o psicológico ajuda ou atrapalha mto, tenha fé em Deus, se pegue com Ele, e todo seu esforço será recompensado, pq só Ele é capaz de nos dar um filho, engana-se quem pensa que é um processo biológico, é sim, divino, e quando fazemos esses esforços de coração aberto tudo da certo… to aqui torcendo por vc e lembre-se que essas mudanças tb fazem bem a vc.

    bjs

  5. 6 aurelia junho 8, 2010 às 12:43 pm

    ana,

    PELAMORDEDEUS,

    desestressa um pouco!!!

    não sabia que estava tão encanada.

    RELAXA, OK? ESTAMOS TODOS AQUI, SEMPRE.

    BJ

  6. 7 Gloria junho 9, 2010 às 1:54 pm

    Olá, Ana
    Também estou no tratamento para engravidar de doador anônimo.
    Pensei em criar um blog como o seu, contando minha experiência quando encontrei o seu. Fiquei até um pouco intimidada (você escreve muito bem), mas, muito provavelmente vou levar a idéia adiante (criar um blog), pois acho que quanto mais informações melhor. Adoraria encontrar outro blog descrevendo as impressões de outra mulher na mesma fase em que estamos.
    Estou torcendo muito por você!! Quem sabe um dia nossas crianças possam brincar juntas?!
    Um grande abraço e muito boa sorte!!!

    • 8 ana maio 13, 2011 às 1:34 am

      ola ana, gloria, alguem que ja tenha passado por essa experiencia de realizar um sonho sozinha. quero muito saber como isso funciona, tenho muitos medos e duvidas, mas acima de tudo o sonho de ser mae me move por esse caminho todos os dias.
      se alguem quiser compartilhar essa experiencia que e tao solitaria, agradeco! bjs e sorte a todas nos.

      • 9 Maria Beatriz fevereiro 23, 2012 às 8:16 pm

        Oi, estou indo na mesma clínica que a Ana do Blog e até agora gostei bastante.
        Fiz a primeira entrevista com a psicóloga e foi muito bacana.
        Acho que todas nós temos medos, e eles devem ser mais ou menos os mesmos, é normal.
        Sobre a questão da experiência solitária estive pensando, acho que precisamos nos organizar, muitos outros grupos minoritários fazem isso, e pode ser útil para trocarmos idéia, nos antecipar a possíveis problemas, e até para encontrar a tal companhia que precisamos tanto.

  7. 10 Renata junho 16, 2010 às 12:49 pm

    Olá Ana,
    Começo amanhã a tomar a medicação para fazer minha inseminação, estou super ansiosa e com mto medo, mtas dúvidas.
    Estava pesquisando a respeito do assunto e encontrei seu blog, achei super legal..
    Obrigada por compartilhar conosco sua experiência..

    mas estou curiosa deu certo, vc será mamãe.?

    boa sorte, estou torcenco por vc!

    Renata

  8. 11 sandra d´paula junho 18, 2010 às 1:00 pm

    Oi Ana… estou curiosa e acompanhando seu blog…. dê notícias ok..
    muita sorte, e tudo darah certo.
    bjs
    sandra d´paula

  9. 12 Sonia Regina junho 19, 2010 às 3:07 pm

    Concordo com a Sandra!
    Mande notícias!!! Estamos na torcida por vc!
    Bjs.

  10. 13 Delane junho 19, 2010 às 7:18 pm

    Menina do céu, da noticia pra nós, estamos aqui torcendo por vc… bjs

  11. 14 Patty junho 27, 2010 às 10:36 pm

    Ana!!!
    Mande notícias! Como você está? E a Mari? Saudades de vocês!
    Estive meio ausente pois a minha irmã teve a Sophia e eu estava por lá babando…rs. Ontem fez 10 dias! E o Nicolas? Como está? Deve estar crescendo cada dia mais né?
    Bom, mande notícias quando puder, ok?
    Beijos,
    Patty

  12. 15 Márcia junho 28, 2010 às 12:11 am

    Olá Ana!

    Não temos notícias suas😦
    Mas, pelas palavras da Patty, suponho que vc esteja grávida🙂🙂
    Está ?

    Bj, bj, Márcia

  13. 16 Márcia junho 28, 2010 às 12:13 am

    OPs, acho q interpretei errado. O comentário, deve ser referente ao Nicolas, desculpe.

    Márcia

  14. 17 Eliana Guedes agosto 30, 2010 às 5:51 pm

    Ana paciência sempre… por um sonho vale os sacrificios! Mande noticias, nao deixe de escrever no Blog. Beijos
    Lili

  15. 18 Juliana setembro 4, 2010 às 5:21 am

    Ah amiga…Não vi nenhuma notícia sua no blog, se conseguiu engravidar ou não. Estou curiosa! Quero saber se é muito difícil, se é preciso tentar várias vezes…to com medo! Mas pra ser mãe, vale tudo! Torço pra que tu já estejas com um bebê lindo na barriguinha, viu?! Beijos. Juliana

  16. 19 arieleonella novembro 20, 2010 às 4:21 pm

    oi

    encontrei o seu site! e ate gostaria de saber mais. Qdo puder atualizar.
    Na verdade estou procurando referencias e foi bastante interessante vc reportar sua iniciativa.
    Eu tenho pensando a respeito. Logicamente sempre existe a procura por seguir o que é imposto. Mas sinceramente.
    Eu tenho pensado nisso. qdo puder atualizar.
    bjs

  17. 20 Janete Silva janeiro 2, 2011 às 10:45 pm

    Ana..por acaso conheci teu blog hoje(2 jan 2011).
    Estou curiosa p/saber como vcs está agora?
    Conseguiu?
    P/mim foi importante ter lido tantas coisas sobre ser mãe..tenho 41 e não tenho filhos.Não deixe de escrever…mesmo que as coisas não tenham saido cfme teus planos…acredite ,como eu acredito,que Deus sempre sabe o q é melhor p/ nós…
    Abraço…boa sorte..fé!
    Jan

  18. 21 flavia janeiro 24, 2011 às 12:23 am

    olá Ana
    eu sou reporter e mae solteira.
    vou fazer uma materia sobre o assunto para a revista Pais e Filhos e gostaria de poder contar com a sua colaboração contando da sua experiencia. Fazemos um acordo de não revelar seu nome.
    Por favor, me responda ao email
    obrigada
    Flavia

  19. 22 ju outubro 29, 2011 às 1:15 am

    Oi Ana Paula, gostaria de saber se deu certo!!! não te conheço mas desde já te admiro muito, sua coragem de escrever a sua estória para nós, não é pra qq uma não… eu passei por todas as duvidas q vc esta passando e hj ainda passo por muitas e outras dúvidas… tb fiz uma inseminaçao produçao independente. (não sou lesbica nao, viu?!!!rsrsrs) minha filha hj tem 2 anos e 4 meses e foi a melhor coisa que eu ja fiz na vida… boa sorte!!!

  20. 23 Maria Beatriz janeiro 18, 2012 às 1:37 pm

    Ana, estou lendo aqui seu blog, que achei muito interessante, mas notei que os posts acabam em 01 de junho de 2010. O que aconteceu, vc engravidou, e se não, vc desistiu ?
    Tb desejo engravidar, tb sou solteira, e tb estou pensando em inseminação com semen de doador.
    Gostaria de saber mais sobre a sua estória.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: