pensamentos, sentimentos….emoções à flor da pele

Amanhã faz uma semana que fiz o teste . Estou num mal-humor terrível já que é o primeiro dia que parei de correr e me ocupar de todas as formas!  Assim que soube que não estava grávida, por sorte fui trabalhar na editora na quinta-feira, comecei a correr atrás do meu novo seguro saúde na sexta-feira, tive duas festas de aniversário, uma sexta e outra sábado, ou seja, não me permiti parar para pensar. Até porque se eu parasse, a vontade de chorar seria inevitável….

Domingo também arrumei várias coisas para fazer e segunda fui trabalhar, me mantendo sempre ocupada. Só que agora eu já fiz o que tinha que fazer: já troquei meu seguro,  o que foi bom pois já estou coberta para parto, já resolvi algumas pendências que eu tinha mas, infelizmente, essa semana só fui para a editora segunda e não tenho outros compromissos para o resto da semana. Conclusão: “cabeça vazia, oficina do diabo”, como já dizia minha avó.

Hoje é só dia 24 de março, terei que esperar o mês que vem para iniciar o tratamento de novo, lá pelo dia 20 de abril. Enquanto isso tenho tempo de sobra de questionar tudo novamente! Porque, por mais decidida que eu esteja de que eu quero ter um filho, essa não é a forma ideal e nem a que idealizei para mim. E a esperança, mesmo que muito vaga, de que algo possa acontecer, de que alguém especial apareça na minha vida e de que eu não precise passar por isso sozinha, volta a surgir.  Eu sei que a chance disso acontecer é mínima, menor ainda do que a de engravidar em cada tentativa, mas sabe como é, o coração da gente se recusa a se entregar.

Nem é o momento de pensar em nada disso, romances, pessoas novas entrando na minha vida, num momento tão delicado. Mas é engraçado como a minha deicsão de mudar minha vida e construir um família (nem que seja só eu e meu filho), já mudou totalmente meu modo de ver as coisas. Na verdade, se antes já estava cheia dessa vida de solteira, sair pra balada etc., agora então não vejo sentido nenhum nisso. É como se eu já estivesse grávida psicologicamente, só esperando que aconteça na vida real. Parece meio louco isso, mas é essa a sensação que tenho…

Me inscrevi num curso de redação em revista e jornal nesse final de semana. Acho que será muito bom tanto para meu desenvolvimento profissional, já que é a área que pretendo continuar atuando, como será ótimo para ocupar minha cabeça e meu tempo. Estudar é sempre muito bom na minha opinião, e espero que este curso seja interessante e útil para mim. Mesmo que seja difícil eu ser contratada antes de engravidar (e depois ser quase impossível…), pelo menos vou me preparando para depois poder ter mais bagagem para procurar emprego fixo.

Também tem outro fator que com certeza está mexendo comigo: depois de parar de tomar o anti-depressivo e superar a abstinência, (que me deixou muito mal….), estou provavelmente muito mais sensível do que antes a todos os tipos de emoções. Já tenho que me preparar inclusive para quando começar a tomar os hormônios, que irá mexer ainda mais com meu humor. Eu não senti tanto da primeira vez já que ainda estava sob o efeito dos remédios, mas agora…o bicho vai pegar! Faz tempo que não sei o que é ter uma TPM, quero só ver agora que virá em dose dupla. Aja controle!

0 Responses to “pensamentos, sentimentos….emoções à flor da pele”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: