Arquivo para janeiro \27\UTC 2010

Inseguranças e decisões de ano novo…

Faz tempo que não escrevo por 2 motivos: primeiro porque estive viajando até o dia 15 de janeiro. Segundo porque assim que voltei de viagem vieram muitas dúvidas, e não sabia por onde começar.

Até o fim do ano passado eu sabia que os planos da gravidez estavam para o ano que vem. Ainda tinham as festas de final de ano e uma viagem para New York , que aliás foi ótima. Só que assim que o avião pousou, a grandeza da minha decisão caiu em cima de mim e eu entrei em pânico! Não sei direito porque, mas me deu um medo imenso de tudo: da responsabilidade, da mudança de vida, da gravidez, de ter gêmeos ou uma criança com problemas, de não ser capaz de enfrentar as dificuldades sozinha, até de me ver como mãe…Que loucura!

Como eu queira ter alguém para dividir a responsabilidade comigo… aliás, como eu queria não ter ainda 40 anos e poder esperar mais um tempinho, pelo menos uns 5 anos… Mas eu não posso parar o relógio biológico. Ontem, dia 25 de janeiro fiz 40 anos e isso é a realidade, por mais incrível que pareça para mim. E eu não posso saber por quanto tempo ainda poderei tentar uma gravidez. É o momento ideal da minha vida? Com certeza não. Estou segura de que darei conta do recado? Também não. Mas eu não quero deixar que o medo me paralise.

Até onde sabemos, essa é a nossa única vida. Se eu abrir mão desse sonho, da experiência da maternidade,  eu não poderei voltar atrás. Como minha mãe diz, ter um filho é para sempre, mas a decisão de não tê-lo também é! Claro, sempre existe a possibilidade da adoção, mas para mim essa seria uma última opção, se acontecer de eu não poder engravidar.

Amanhã tenho uma consulta na clínica, quando vou levar os exames que fiz no ano passado. Poderei então discutir com o médico as opções de fertilização. Estou ansiosa, muito ansiosa…Quem sabe consigo solucionar algumas das minhas dúvidas e discutir algumas das minhas inseguranças?

Anúncios